fbpx

contato@institutoharmonite.com.br

Segunda a Sexta das 08h às 20:30h

PEDRA EU AMO UMA!!!

SERÁ QUE VOCÊ AMA UMA PEDRA?

 

As pedras estão por todos os lados, estão em nosso caminho, muitas vezes como decoração nas paisagens sejam elas ao natural na natureza ou nas ornamentações de um paisagista.

Mas existe um outro tipo de pedra que vamos falar hoje.

A PEDRA QUE ESTÁ NO SEU CAMINHO.

Estas pedras podem ser grandes, pequenas ou enormes, vocês escolhe o tamanho delas.

Muitas vezes as pedras não são pedras, lhe fazem bem, lhe trazem paz, amor, carinho, felicidade, mas as vezes, mesmo com tudo isso você acaba tropeçando. Porém perceba que o tropeço lhe jogou para frente, JÁ TINHA PENSADO NISSO?

Quando isso ocorre alguns não se preocupam e seguem a vida normalmente, pois foi só um “tupicão”, deu aquela esfoladinha no sapado, e quem sabe uma leve dor no dedo do pé. Neste caso escolheu deixar a pedra para trás, não se importou com a mesma.

Existe aquela pedra que nos derruba com muita força, nos machucamos muito, o dedo do pé dói, o joelho fica todo esfolado, mãos até mesmo o rosto.  Alguns quando isso acontece lamentam muito, reclamam e murmuram. Sim, temos que entender o tombo foi muito grande e doloroso.

Isso acontece em nossa vida a todo instante, as pedras são nossas dores, obstáculos dificuldades e temos que ver isso em forma de aprendizado. Toda vez que tropeçamos podemos fazer a escolha de levantar, sacudir a poeira e continuar ou simplesmente ficar caído, prostrado. Por mais que doa devemos aprender com esse tropeço. O que ele quer nos ensinar? Qual o motivo de tudo isso?

Neste instante devemos entender que tudo vem para o nosso bem, por mais que doa ou magoe.

O GRANDE PROBLEMA NÃO É TROPEÇAR E SIM SE APEGAR A PEDRA.

As pedras muitas vezes nos derrubam, e quando escolhemos ficar prostrados estamos apegados a ela. Queremos nos vingar, queremos que ela pague pelo que nos fez. Quando nos apegamos a pedra esquecemos de viver a nossa vida, ficamos cegos, surdos, só não ficamos quietos, pois queremos contar para todos como a pedra foi malvada. Vivemos somente na dor, na dificuldade no Vitimismo, pensando somente em nós, e achando que a nossa dor é a maior de todas.

E aí você está apegado a sua pedra?

Mais

 

Compartilhe nosso conteúdo
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Alex Lorenzetti

Alex Lorenzetti

Alex atua em psicoterapia, incluindo programação neurolinguística (PNL), hipnoterapia e terapia regressiva para cumprir a missão de fortalecer resultados e vidas desenvolvendo as percepções inconscientes do Ser Humano.